É uma página onde aparecem os meus pensamentos, sentimentos, sob a forma de...
Domingo, 29 de Julho de 2018
sono

Entre os sonhos há

um areal inóspito de sono.

 

Uma obscuridade reparadora

de cansaços plurais.

 

Um vazio cheio de segredos

que retemperam forças:

hábeis utensílios operadores

de milagres desconhecidos.

 

Entre os sonhos surgem

oportunidades indeléveis

de voltarmos a ser caminho

quando à frente se levanta

a mão do sinaleiro mais negro.

 

Fátima Nascimento



publicado por fatimanascimento às 17:28
link do post | comentar | favorito (1)

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


posts recentes

sono

À Fátima Nascimento (de A...

Regresso a casa (letra já...

Ontem as nossas...

Neve

O amor venceu

Nevoeiro

Oh calma...

poesia

os ponteiros

arquivos

Julho 2018

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

tags

todas as tags

favoritos

A manifestação de Braga

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds